Índice

    Transporte de carga indivisível: o que é e quem pode fazer

    Transporte de carga indivisível: o que é e quem pode fazer
    Índice
      Transporte de carga indivisível: o que é e quem pode fazer

      Se você está pensando em investir na sua carreira de motorista, saiba que o transporte de carga indivisível pode ser uma boa opção.

      Porém, é preciso levar em conta que esse tipo de transporte exige uma especialização, disponível para motoristas que já sejam habilitados nas categorias C ou E. O curso é necessário porque esse tipo de carga exige alguns cuidados especiais.

      Para ajudar você a entender o que é carga indivisível e como funciona o curso de carga indivisível, preparamos este artigo. Confira!

      Entenda o que é o transporte de carga indivisível 

      Resumidamente, esse tipo de transporte se baseia em um tipo de carga volumosa que não pode ser dividida ou separada em partes menores, como asas de avião, reatores e outros que veremos ao longo deste conteúdo.

      Dá para imaginar o trabalho exigido para transportar cargas com dimensões excedentes aos limites, não é mesmo?

      É por isso que o transporte de carga indivisível segue as normas do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), por meio da Resolução nº 211/2006.

      A norma estabelece requisitos básicos para a circulação de combinações de veículos de carga. Assim, para que seja possível trafegar com a carga, é necessário estar com o caminhão dentro dessas determinações para conseguir a Autorização Especial de Trânsito (AET).

      Já nas estradas e rodovias de todo o país, quem determina as normas é o Departamento Nacional de Trânsito (DNIT), por meio da Resolução nº 1/2016. A lei estabelece as normas para o transporte de cargas indivisíveis e excedentes de peso ou dimensões em rodovias federais.

      Essa norma ainda estabelece que o DNIT é o responsável por fiscalizar veículos utilizados no transporte especial, e vale tanto em relação à sinalização do caminhão quanto para a solicitação da AET.

      Em caso de transporte por vias estaduais e municipais, o responsável pelo frete precisa verificar as normas dos órgãos de cada esfera.

      Logo, fica fácil compreender que a carga indivisível exige uma série de cuidados. Do contrário, pode gerar transtornos nas vias públicas, já que é comum que ultrapassem os limites de peso e de dimensões estabelecidos pela lei.

      Quais os requisitos para fazer esse tipo de transporte

      Como adiantamos, para fazer o transporte da carga indivisível, é necessário que a carga tenha Autorização Especial de Trânsito, conforme o Artigo 101 do CTB.

      Essa autorização tem validade determinada e será válida somente para cada viagem ou por determinado período. Além disso, o condutor da carga indivisível deve ter o curso de especialização na área.

      O órgão que determina os limites é o Contran. Confira quais são os limites de peso e as dimensões para a circulação de veículos:

      • Largura: 2,60 m
      • Altura: 4,40 m
      • Comprimento e peso: dependem do tipo de veículo, da quantidade de eixos e de outros fatores

      As principais definições de comprimento são:

      • 14 m: veículos não articulados
      • 18,6 m: veículos articulados com duas unidades, do tipo caminhão-trator ou semirreboque
      • 19,8 m: veículos articulados com duas unidades do tipo caminhão, ônibus ou reboque
      • 19,8 m: veículos articulados com mais de duas unidades

      Além da Autorização Especial de Trânsito, o transportador ainda deverá arcar com o pagamento da Tarifa de Utilização da Via (TUV) e estar atento aos horários permitidos para o transporte de carga indivisível.

      Elas podem ser transportadas entre o amanhecer e o pôr do sol, inclusive aos sábados, domingos e feriados.

      Curso de motorista profissional.
Curso carga indivisivel.

      Quem pode trabalhar sendo motorista da área

      Podem trabalhar com carga indivisível motoristas habilitados nas categorias C ou E, que possuam o curso de especialização em transporte de carga indivisível.

      Além disso, é preciso que o condutor preencha os requisitos abaixo:

      • ter mais de 21 anos
      • habilitação C ou E
      • não estar cumprindo pena de suspensão da habilitação
      • não ter a habilitação cassada em razão de crimes de trânsito
      • não estar judicialmente proibido de dirigir

      O motorista que fizer o transporte de carga indivisível sem o curso obrigatório fica sujeito à penalização, com perda de pontos na habilitação, multa e retenção do caminhão.

      Quais são os tipos de carga indivisível

      As cargas indivisíveis geralmente possuem grandes dimensões, cujo transporte requer o uso de veículos especiais com dimensões, estrutura, lotação (capacidade de carga), suspensão e direção apropriadas.

      A carga indivisível costuma ser formada por peças unitárias, grandes e pesadas. Por isso, exigem mais cuidado durante o transporte.

      Acompanhe a seguir os principais tipos de carga indivisível:

      • Máquinas
      • Transformadores
      • Estruturas metálicas
      • Reatores
      • Grandes toras de madeira
      • Asas de avião
      • Pás eólicas
      • Máquinas de uso industrial
      • Guindastes
      • Blocos de rochas
      • Peças de grandes dimensões
      • Silos

      Como funciona o curso de transporte de carga indivisível

      O curso é destinado a motoristas habilitados nas categorias C e E que desejam trabalhar com esse tipo de transporte.

      A carga horária do curso de transporte indivisível é de 50 horas, que pode ser feito no formato presencial ou online.

      O curso deve ser reconhecido pelo Detran e possui validade de 5 anos. Após esse período, é necessário obter uma nova certificação.

      A ementa do curso compreende: 

      • Legislação de trânsito
      • Direção defensiva
      • Noções de primeiros socorros, respeito ao meio ambiente e prevenção de incêndio
      • Movimentação de carga (definição de cada carga, autorizações e comportamentos preventivos)

      O curso de transporte de carga indivisível varia de CFC para CFC. Caso você tenha interesse em fazer, entre no nosso site e fale com um dos nossos atendentes.

      Após a conclusão do curso, os motoristas devem realizar a avaliação final, conforme determina a Resolução nº 789/2020 do Contran. A prova é feita presencialmente em uma unidade do Detran da sua cidade. 

      Viu como o curso de transporte de carga indivisível pode ser um grande diferencial para a sua carreira? 

      Com a especialização feita na Procondutor, você estará um passo à frente dos seus colegas de profissão, revelando-se atualizado e capaz de desempenhar a função com eficiência e segurança.

      Ficou interessado, e deseja saber sobre as modalidades de cursos especializados disponíveis online na Procondutor? Acesse nossa loja, selecione seu estado e confira!

      Escrito por Equipe Procondutor

      A Procondutor é especialista em educação digital para o trânsito e produz conteúdo para formação, capacitação, reciclagem e aprimoramento de motoristas.

      Compartilhe:

      Deixe um comentário

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *